Ícone do site Velotax

Já ouviu falar no Golpe do MEI? 7 Golpes mais conhecidos e como fugir deles!

golpe do mei

golpe do mei

Existem diversos potenciais Microempreendedores que já foram surpreendidos com um golpe do MEI. Conhecer esses potenciais golpes é muito importante para que você saiba como se proteger e realizar o seu desejo de empreender com segurança.

MEI significa Microempreendedor Individual, ou seja, é como um profissional autônomo, mas formalizado.

Quando você se cadastra como MEI, você passa a ter CNPJ, ou seja, tem facilidades com a abertura de conta bancária, pedido de empréstimos e na emissão de notas fiscais, além de ter obrigações e direitos de uma pessoa jurídica.

Mas uma coisa é muito importante de ressaltar: CUIDADO COM O GOLPE DO MEI!

Nos últimos anos, o número de microempreendedores aumentou bastante. Isso ocorreu principalmente durante a pandemia.

Uma vez que as oportunidades no mercado de trabalho diminuíram, muitas pessoas resolveram sair da zona de conforto e ter ideias para empreender.

Com tantas vantagens em relação ao MEI, cada vez mais pessoas têm buscado essa solução. Mas com tanto interesse em torno desse sonhado CNPJ facilitado, a falta de informação abriu espaço para golpistas estelionatários.

O que é ótimo para a economia pode ser a chance perfeita para criminosos que buscam formas de lucrar, enganando quem deseja realizar o sonho de ter o próprio negócio. 

Portanto, além de se preocupar em gerir o seu negócio, é necessário também ter muita atenção para trabalhar com segurança e não cair nas artimanhas dos golpistas.

Com isso mente, você precisa saber quais são as formas mais usadas como golpe que atingem o MEI. Quanto mais informações, menor será o risco de cair no golpe do MEI. 

Existem diversos tipos de golpe do MEI: cobrança de boletos indevidos, e-mails com solicitação de retificação ou informando pendências na sua DASN SIMEI, falso auxílio empreendedor, golpes do DAS, empréstimos falsos, DECORE registradas e sites falsos de abertura de MEI.

O Velotax quer deixar a sua vida mais fácil e por isso trouxemos os golpes mais famosos do MEI para que você não caia neles.

E você sabia que pode emitir e pagar o seu DAS mensal em poucos cliques? Conheça agora!

Vamos explicar como funciona cada um dos golpes para que você já esteja preparado quando se deparar com algum deles e não corra o risco de ser enganado.

Golpe do MEI nos boletos de cobranças

Os boletos indevidos são enviados pelos fraudadores por e-mail ou correspondência. Um exemplo conhecido desse golpe é o boleto de registro de domínio na Internet – ou endereço de site. 

Nesse caso, o MEI recebe uma mensagem eletrônica, informando sobre a renovação do seu domínio. De modo geral, o logotipo da Caixa Econômica Federal é usado e os valores cobrados são baixos.

O boleto sempre vem com uma observação, indicando que o pagamento é facultativo e o objetivo é arrancar dinheiro do empreendedor sem que ele desconfie e quando se der conta: já caiu no golpe do MEI.

Golpe do MEI por e-mail

Neste golpe do MEI, os fraudadores enviam um e-mail pedindo que o microempreendedor faça a retificação da sua Declaração Anual do Simples Nacional do MEI, a DASN SIMEI ou informando que há pendências na declaração do Imposto de Renda.

Eles aproveitam para inserir links e anexos maliciosos para infectar o seu computador e ter acesso aos seus dados pessoais e bancários.

Vale ressaltar que a Receita Federal não entra em contato por e-mail sem que haja o consentimento do contribuinte. Sendo assim, toda comunicação é realizada por meio do Centro Virtual de Atendimento ao Contribuinte (e-CAC).

Golpe do falso auxílio empreendedor

Devido à crise provocada pela pandemia de COVID-19, muitos empreendedores tiveram que enfrentar momentos difíceis.

Por esse motivo, os fraudadores começaram a oferecer, em nome do Sebrae, um suposto auxílio para ajudar as empresas financeiramente. Para aplicar o golpe do MEI, os criminosos desenvolveram sites e perfis falsos na Internet.

Vale lembrar que o Auxílio Emergencial foi uma iniciativa do Governo Federal. Assim, quem estivesse apto a receber, deveria realizar o cadastro por meio do portal oficial da Caixa Econômica Federal.

Golpe do MEI na guia DAS

Nesse golpe do MEI, o empreendedor recebe, em casa, uma guia DAS – Documento de Arrecadação Simplificada falsa, contendo o logotipo do Simples Nacional. Além disso, os criminosos usam linguagem técnica para passar credibilidade e fazer com que as vítimas caiam na fraude mais facilmente.

Para garantir o recebimento do dinheiro, eles afirmam que, caso o pagamento não seja feito, o MEI será multado. Além disso, a única forma disponibilizada para a quitação da cobrança é o PIX.

O verdadeiro DAS pode ser pago por boleto bancário, que é a sua forma de pagamento originária.

Também é essencial observar a quantia que está sendo cobrada. É importante saber que os valores do DAS MEI em 2022 são:

Caso você receba uma guia com valores diferentes desses que foram citados, o correto é descartá-la imediatamente para não correr o risco de cair em um golpe do MEI.

Golpe do empréstimo falso

Existe ainda o golpe do MEI do empréstimo falso em que os criminosos entram em contato com o microempreendedor por meio do WhatsApp, SMS, ligação telefônica ou redes sociais para fazer propostas de empréstimos vantajosos, com juros mais baixos do que estão sendo praticados pelo mercado. 

A mensagem enviada costuma conter um link no qual o MEI precisa clicar para enviar seus documentos pessoais.

Caso a vítima clique neste endereço eletrônico, ela é direcionada a um chat, onde vai ser solicitada a enviar os documentos pessoais. 

Além disso, os golpistas solicitam o pagamento de determinado valor, para que o dinheiro seja liberado em poucas horas. O problema é que isso nunca acontece.

Golpe da DECORE

O Golpe da DECORE consiste em uma suposta instituição financeira que informa via whatsapp ou SMS que a vítima teria uma disponibilidade de crédito e se teria interesse nesse valor.

Mas a mensagem informa que o MEI precisaria de uma “DECORE REGISTRADA” para liberação dos valores.

Contudo, ao buscar a referida declaração com um Contador, o MEI se depararia com a impossibilidade, já que tal declaração não existe.

Assim, os golpistas passariam o contato de uma contabilidade “de confiança” para emissão do documento.

Em seguida, a vítima recebe um documento informando um valor superestimado de rendimentos mensais que proporcionará a liberação do crédito, o que gera ainda mais interesse na vítima, pois, não precisa comprovar a renda.

A vítima efetua então o pagamento, mas ao tentar entrar em contato com a instituição bancária para verificação da liberação do crédito não é atendido. O mesmo ocorre com o suposto escritório de contabilidade que emitiu a DECORE REGISTRADA”. 

Por fim, a vítima fica sem a tal DECORE e sem o crédito prometido.

Golpe do MEI de abertura de CNPJ

O último golpe do MEI dos mais comuns são os sites falsos que prometem abertura do seu MEI. A formalização do MEI pode ser feita pelo Portal do Empreendedor de forma gratuita, mas os criminosos criam sites falsos, muito semelhantes ao original, para terem acesso às informações pessoais e tirar dinheiro das vítimas.

Os estelionatários induzem o empreendedor a acreditar que é preciso pagar uma taxa para abrir a empresa e ainda fazem o site de forma muito similar e utilizando o logotipo do Governo Federal.

Na maioria dos casos, contudo, mesmo que o pagamento seja feito, o CNPJ não é registrado.

E depois de criado o seu MEI, lembre-se: cumpra todas as suas obrigações da forma mais rápida, fácil e segura: na plataforma do Velotax.

O que é MEI?

O MEI (Microempreendedor Individual) é a figura empresarial mais simples no Brasil, tendo sido criada visando a formalização da situação dos profissionais autônomos informais no país.

Por isso foram criadas diversas facilidades e vantagens para o MEI, com o objetivo de convencer o trabalhador informal a se regularizar.

A lei complementar nº 128, criou a figura empresarial mais simples do Brasil que hoje é conhecido como MEI, o Microempreendedor Individual.

Para entender melhor, o MEI tem que se adequar a um limite de faturamento do MEI, uma quantidade estabelecida de funcionários e qual a atividade vai ser exercida.

Além disso, o MEI não pode ter sócios no seu negócio, não é permitido ter outra empresa aberta em seu nome e não participar de uma sociedade já estabelecida.

Você que é MEI agora pode ficar mais tranquilo porque o Velotax tem uma nova plataforma para que o Microempreendedor Individual possa cumprir suas obrigações com tranquilidade e sem tantos riscos de cair em golpe do MEI.

Aproveite e veja muitas outras dicas sobre o MEI no nosso blog.

Quem pode ser MEI?

Mas afinal, quem pode ser Microempreendedor Individual? Existem alguns critérios para entrar nessa categoria empresarial, como limite de faturamento do MEI, quantidade de funcionários e atividades que podem ser exercidas.

Limite de faturamento do MEI

O principal critério que define a categoria do MEI está diretamente relacionada ao limite de faturamento do MEI.

Por esse motivo é que essa categoria empresarial é indicado para pequenos negócios, já que o faturamento do MEI não pode exceder R$81 mil anuais.

Quantidade de funcionários

Outra limitação do MEI é a quantidade de funcionários. Esse empreendedor só poderá ter um funcionário, que deve ser remunerada com um salário mínimo ou o piso salarial definido para sua categoria.

Atividades econômicas sobre o que é MEI

O portal do Governo Federal, na aba “Empresas e Negócios” traz todas as situações sobre o que é MEI e quais as atividades econômicas que podem ser enquadradas nessa categoria.

Lá, você pode entender se o seu ramo de atividade no CNAE (Classificação Nacional de Atividades Econômicas) pode ser enquadrado como MEI.

Outros pontos sobre o MEI

Além dessas limitações, existem ainda alguns critérios que o empreendedor precisa seguir para poder abrir o CNPJ simplificado do MEI:

Quem não pode ser MEI?

Conforme citado anteriormente, fica fácil entender que as pessoas cujos negócios não se enquadrem no CNAE, não poderão se enquadrar como MEI.

Além disso, basta observar as condições sobre o limite de faturamento do MEI, quantidade de funcionários, sócios e ou participação de uma sociedade.

Se você cumprir todos esses requisitos, poderá se fazer valer do benefício que o MEI tem desconto na compra de um carro novo!

Quais são os maiores benefícios de ser MEI?

Entre as diversas vantagens para o MEI estão:

Conheça a plataforma Velotax e fique em dia com suas obrigações do MEI

Ficar em dia com suas obrigações do MEI não precisa ser uma tarefa difícil.

E fica ainda mais fácil com as ferramentas do Velotax na nova plataforma de MEI!

Com as nossas ferramentas, você consegue emitir o DAS – Documento de Arrecadação do Simples Nacional mensalmente e ficar em dia com a Receita Federal, além de fazer a sua DASN, a Declaração Anual que deve ser entregue pelo MEI.

Facilidade para você estar em dia com a Receita Federal e utilizar o seu tempo para fazer o que realmente importa: focar no seu empreendimento.

O Velotax conta ainda com um time de suporte e especialistas em contabilidade para solucionar as suas dúvidas e te dar todo o amparo que for necessário para que você fique tranquilo.

A plataforma é 100% segura e pede apenas os dados necessários para que os documentos sejam gerados.

É importante que os dados estejam corretos para evitar discrepâncias entre as informações cadastradas e as que estão na base da Receita Federal.

Esclarecemos todas as suas dúvidas sobre como o faturamento do MEI pode aumentar?

Além disso, o Velotax conta ainda com uma plataforma simples e completa para calcular, pagar e declarar o seu Imposto de Renda, desde os investimentos na bolsa e operações com criptomoedas a rendimentos recebidos com alugueis, o Velotax traz a solução completa para simplificar seus impostos!

Confira as nossas soluções para simplificar seus impostos em poucos cliques!

Um serviço 5 estrelas para você ficar tranquilo e cumprir todas as obrigações com a Receita Federal.

São mais de 170 mil usuários satisfeitos!

Clique aqui e conheça agora também o canal do Velotax no YouTube.

Sair da versão mobile