Operações vendidas: o que são e como declarar

Calculadora ajuda a mensurar o imposto pago sobre operações vendidas

As operações vendidas

Caro investidor, você já ouviu os termos “operar vendido” ou “operações vendidas”? Já leu em algum lugar sobre eles ou já efetuou essa prática?

Independentemente da sua resposta, este artigo tem o intuito de te ajudar a entendê-los e, com isso, como declarar o imposto com essas operações vendidas.

Parece um processo complicado, mas não é bem assim.

Você pode ficar bem tranquilo porque o Velotax vai explicar como funciona o recolhimento dos tributos sobre operações vendidas e como fazer a declaração do Imposto de Renda.

Mais do que isso, vamos apresentar a plataforma do Velotax, que simplifica e te ensina de um jeito fácil e descomplicado sobre como declarar o seu Imposto de Renda.

Clique aqui e conheça nossa plataforma.

Aproveite e veja muitas outras dicas sobre o Imposto de Renda no nosso blog.

Então, sem mais delongas ou apresentações, vamos lá?

opções vendidas

O que são as operações vendidas?

Investir na Bolsa de Valores é uma emoção sem fim. É uma satisfação quando você lucra no qual um dos seus investimentos tem uma valorização.

Mas nem só de valorização vivem as operações da bolsa

Você também pode lucrar quando o preço de uma ação está em queda. Essa técnica é conhecida como operação vendida, venda a descoberto ou short selling.

Operar vendido significa que você vai vender um ativo, a um determinado valor, esperando que esse seja desvalorizado para adquiri-lo a preço de mercado.

Importante dizer: essa ação vendida não precisa, necessariamente estar na sua carteira. Você pode realizar essa operação com ações que acredita que, com a venda e posterior compra, irá obter um lucro.

A tendência de uma ação cair ou subir deve ser observada a partir de dados, gráficos que sua corretora pode oferecer ou mesmo o mercado. 

É necessário tomar essa decisão com base em dados concretos, pois na possibilidade de alteração no mercado, o ativo vendido pode ter uma alta, ao contrário da queda.

Nesse caso, o investidor que operar vendido, deverá comprar de volta as ações, porém com o preço maior do que aquele em que ocorreu a venda.

Com isso, o lucro almejado nessa operação, não ocorrerá. Isso também mostra o quanto esse mercado pode ser dinâmico.

Veja mais dicas sobre como compensar prejuízos na Bolsa de Valores

A venda a descoberto

Como já dissemos anteriormente, você pode vender ações que não necessariamente estão em sua carteira de investimentos. Como isso ocorre?

Em geral, a venda a descoberto é operada no curto prazo e nesse caso, o investidor que queira realizar essa prática precisa verificar a disponibilidade do BTC (Banco de Títulos CBLC) para o ativo que deseja adquirir. Isso é necessário para saber se a ação pretendida está disponível para aluguel. 

Lembre-se: nesse ponto estamos trabalhando com ações que você não possui e que pretende operar vendido.

O aluguel de ações é intermediado pela própria B3 e por isso é uma operação 100% segura.

Quem loca ou empresta uma ação, são investidores que se dispõem a oferecer suas ações (dentro de um determinado período) em troca do pagamento de uma taxa acordada, com quem tem interesse na ação pretendida.

Entretanto, se falarmos em day trade, a verificação da disponibilidade da ação não é necessária, pois estamos falando de operações vendidas que são realizadas no mesmo dia (a venda e a compra).

E se eu não comprar a ação no mesmo dia?

Ao operar vendido na bolsa, pode ocorrer de você não concretizar a compra no mesmo dia.

Se isso ocorrer é necessário que o investidor já tenha verificado a disponibilidade de aluguel ou empréstimo da ação, pois será necessário a locação dessas ações.

Nesse processo de aluguel ou empréstimo, há um custo envolvido: o “custo aluguel”. Quem define esse valor é o investidor que disponibiliza os seus ativos no para alugar no mercado.

Na prática, quem busca essas ações no mercado é a sua corretora. É ela quem irá verificar a disponibilidade de locação e o custo desse aluguel.

Quando a operação for concretizada, o investidor que obteve lucro, terá o aluguel encerrado e a margem de garantia devolvida integralmente, porém, se falarmos em prejuízo, esse será descontado da garantia. 

Mas o que é a margem de garantia?

Quando falamos em venda a descoberto de ações, para mais de um dia é exigido uma parcela do total investido, como garantia. Isso permite que se possa investir sem possuir o valor integral em conta.

Esse valor será calculado de acordo com as ações escolhidas e, em qual plataforma estão sendo negociadas. E o próprio home broker mostrará quanto de garantia você precisará dispor.

Vale mencionar que fica retido somente um valor que a própria Bolsa de Valores solicita.

Essa solicitação tem como objetivo garantir que você possua recurso suficiente para recomprar as ações que vendeu anteriormente e encerrar seu investimento de venda a descoberto.

De acordo com as movimentações do mercado e com as suas outras operações, a própria Bolsa poderá solicitar mais margem de garantia.

Com isso será necessário que você encaminhe mais recursos para a sua conta ou, caso entenda melhor, encerre a sua posição.

Esses novos débitos podem ser vistos no extrato de sua corretora, em geral com a nomenclatura “requerimento de garantia” da Bolsa.

Após o encerramento do seu investimento a descoberto, a Bolsa de Valores devolverá exatamente o valor retido anteriormente em sua conta.

operações vendidas

Como calcular o IR em operações vendidas?

O investidor que lucrou com operações a descoberto terá a apuração dos seus cálculos de imposto de renda mensal bastante similar a uma operação comprada, com apenas duas diferenças fundamentais:

1) O pagamento do IR mensal deve ser feito somente após a compra do ativo, isto é, no momento em que o investidor sabe quanto lucrou na operação;

2) O custo do aluguel poderá também ser deduzido do lucro junto com os demais custos operacionais

Lembrando que as alíquotas são as mesmas das operações compradas: 15% para compra e venda em dias diferentes (operações comuns ou swing trade, em inglês) e 20% para compra e venda no mesmo dia (day trade). 

Como o Velotax pode te ajudar?

O Velotax é uma plataforma que tem o intuito de facilitar a vida do investidor, quando se trata do pagamento dos impostos, o Darf.

No vídeo do link abaixo, o Victor preparou um passo a passo para que você possa fazer os ajuste necessários, quando operar vendido, de maneira bem simplificada e dentro da plataforma:

Se você é novo por aqui e quer entender por completo como o Velotax pode te ajudar (assim como tem feito com milhares de pessoas), verifique se…
Você já fez seu cadastro, então clique aqui
Se ainda não fez, clique aqui e descomplique seus impostos já!

O Velotax é seguro?

Milhares de pessoas já emitem Darf pelo Velotax.

operações vendidas

O Velotax é a plataforma mais conhecida do mercado para quem precisa emitir os Darfs e pagar IR na bolsa de valores.

São centenas de reviews positivos sobre o Velotax. Acesse o Trustpilot do Velotax e veja por si mesmo.

Esclarecemos todas as suas dúvidas sobre a tributação de operações vendidas? 

Agora você pode ir para a prática e preparar a sua declaração do IR de uma maneira rápida e tranquila.

O Velotax desenvolveu uma plataforma simples para calcular, pagar e declarar o seu IR.

Confira as nossas soluções.

Um serviço 5 estrelas para você ficar tranquilo e cumprir todas as obrigações com a Receita Federal.

São mais de 100.000 usuários satisfeitos.

Clique aqui e conheça agora também o canal Velotax no YouTube.